top of page

Conheça os países com carência de profissionais na área da saúde

A pandemia de Covid-19 transformou radicalmente os padrões de imigração ao redor do mundo, impulsionando países desenvolvidos a recrutarem profissionais da área de saúde de países em desenvolvimento para reabastecer sua força de trabalho.


Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Alemanha e Austrália são algumas das nações à procura de mão de obra qualificada no exterior. Pensando nisso, o YSPANUS Languages criou uma lista com as principais demandas profissionais e incentivos de imigração de cada país:


Estados Unidos

Estados Unidos


Segundo um estudo do American Immigration Council, 15,6% da força de trabalho imigrante vem do setor de saúde! Além disso, em 2021, o número de brasileiros que se tornaram cidadãos americanos aumentou em 47,5%, batendo o recorde com um total de 12.281 vistos de residência.


De acordo com o G1, foi por meio de contratos de trabalho que 44% dos brasileiros conquistaram um green card. Segundo Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration, médicos, enfermeiros, dentistas e fisioterapeutas são os profissionais que mais atraem o mercado de trabalho norte-americano.


bandeiras do reino unido

Reino Unido


Em 2020, o governo britânico introduziu o Health and Care Visa, que facilita e agiliza a entrada de profissionais de saúde no mercado de trabalho do Reino Unido. De acordo com o site Nursing Times, o governo da Inglaterra prometeu contratar mais 50 mil enfermeiros até 2025!


Para alcançar esse objetivo, é preciso recrutar cerca de 5.000 profissionais no exterior a cada ano.


bandeira do canada

Canadá


O Canadá também acelerou o processo de contratação de enfermeiros treinados no exterior, facilitando os requisitos de idioma para residência no país. Em 2020, em meio à pandemia de Covid-19, a província de Ontário tinha apenas 665 enfermeiros para cada 100.000 habitantes.


Por conta disso, a província mais populosa do Canadá pretende contratar mais 6.000 profissionais de saúde até o final de Março de 2022. Até agora, segundo a CIC News, cerca de 1.200 enfermeiros do exterior se candidataram no College of Nurses of Ontario (CNO), interessados nos incentivos do governo local.


Só em 2020, Ontário já possuía 20.678 enfermeiros internacionais registrados, cerca de 12.2% da força de trabalho da região!


bandeira da alemanha

Alemanha


A Deutscher Städtetag (Associação de Cidades Alemães) solicitou ao governo o aliviamento das restrições à imigração de profissionais de saúde estrangeiros. O país prevê a escassez de 300 mil trabalhadores na área de saúde nos próximos anos.


Por conta do déficit de trabalhadores em diversas áreas, o país lançou a Lei de Imigração de Mão de Obra Especializada, em vigor desde Março de 2020, para incentivar profissionais estrangeiros fora da União Europeia a morar e trabalhar na Alemanha.


casa da opera de sydney

Austrália


Em Fevereiro de 2020, o Office of Immigration Australia lançou a lista com as principais prioridades de mão de obra qualificada no exterior. Dentre elas, os profissionais da área de saúde e de engenharia são os mais procurados.


O país está em busca das seguintes especialidades médicas:


  • Cardiologia

  • Cirurgia Geral

  • Dermatologia

  • Neurologia

  • Ginecologia e Obstetrícia

  • Urologia

  • Gastroenterologia

  • Medicina de Emergência

  • Enfermagem







0 comentário

Comments


bottom of page